Pular para o conteúdo principal

O que você come? Refletindo sobre os transgênicos


Transgênico, o que você está comendo? Você se é atento já reparou em alguns produtos um triângulo amarelo com a letra T preta? Se não é dos mais atentos nem deve ter reparado de tão pequenino é esse lembrete. E tanto na primeira como na segunda opção, você sabe o que muda? A maior parte das pessoas dirá que significa que aquele alimento é transgênico. ou seja, modificado geneticamente. Mas o que isso realmente quer dizer?


De acordo com o decreto de rotulagem, todos os produtos fabricados com mais de 1% de organismos geneticamente modificados devem trazer essa informação no rótulo. Isso vale mesmo para produtos como o óleo, a maionese e a margarina, em que não é possível detectar o DNA transgênico.


Primeiro abduziram o óleo de soja, a maior parte pra não dizer 95% das marcas de óleo de soja disponíveis nas gôndolas dos mercados são com grão transgênicos. Isso não é um post patrocinado que fique claro, pois creio q cabe divulgar que as únicas marcas livres de transgênicos são a Leve e Sinhá. Agora é a vez da farinha de milho, conhecida como fubá, e infelizmente não conheço nenhuma marca q não seja transgênica, por favor se você está lendo isso e sabe de alguma indique nos comentários por favor, pois sem a farinha de milho, foi se embora do meu cardápio a polenta/angu, broas e bolos feitos com essa farinha e se essa farinha é feita de milho a pobre pipoquinha do cinema entrou na lista negra. E porque eu corto os elementos com esse simbolozinho tão discreto? Qual o problema em consumir alguma coisa transgênica? Baseado na nossa falta de questionamento e na relação de preço e de hábito. Afinal tem gente que sempre comprou óleo Sadia ou Liza e não muda, só que eles mudaram e a gente não percebeu e se percebeu não foi atrás de informação sobre a modificação genética dos alimentos. 

Pois bem, existe uma grande empresa por trás disso e dinheiro rolando solto, é a Monsanto que faz a patente dos grãos que modifica e é a maior inimiga de quem como eu não gosta dos transgênicos. Na europa é terminantemente proibido! Não existia sequer um estudo no mundo sobre uma neutralidade ou não prejuízo da saúde relacionado aos modificados, mas franceses fizeram um estudo muito consistente e sigiloso que foi publicado recentemente mostrando como a alimentação está ligada a tumores e inúmeros problemas Ambientalmente eles causam contaminação genética irreversível, o que pode ocasionar a extinção de espécies endêmicas ou silvestres., para ler mais sobre a pesquisa veja aqui. 
Além de problemas à saúde ambientalmente eles causam contaminação genética irreversível, o que pode ocasionar a extinção de espécies endêmicas ou silvestres.
E pra piorar a maior parte de alimentos para o consumo infantil possuem esse maldito Tzinho.

Recomendo se quiser saber mais entrar nos links abaixo e principalmente proponho a campanha de boicote aos produtos que contenham /T\, além de uma pressão nas empresas entrando em contato com o SAC e pedindo um produto livre de transgênicos. Afinal, podemos escolher o que queremos comprar e no caso do fubá a escolha é comprar ou não, no caso do óleo ainda temos opção e no fubá? 
Precisamos ter consciência para o consumo e saber que nós é que mandamos e decidimos e  não somos obrigados a comprar o lixo que eles querem nos empurrar.


Comentários

  1. Eu já fujo desta droga faz tempo, na minha casa isto não entra, temos que banir isto de nossas vidas, eu sou a favor de uma manifestação contra esta maldita modificação genética, já não basta o lixo que não tem como nos livrar ainda querem enfiar-nos mais este gu-ela abaixo. SOCORRO POLÍCIA, POLÍCIA.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Das perguntas: Papel higiênico, no vaso ou no lixo?

Eu vivo me fazendo perguntas e nem sempre tenho as respostas, essa pode parecer inusitada, mas sim, já pensei nisso e me surpreendi com o que descobri. Aqui no Brasil todo banheiro que se preze tem lixeira e muitos banheiros públicos tem a seguinte placa:
Em portugal encontrei a versão lusitana da coisa e acho que herdamos esse hábito deles, acho, porque não tenho a menor certeza.
Quando morei fora percebi a inexistência da nossa companheira lixeira, e vi que o papel era descartado no vaso sem o menor problema. Tenho por hábito seguir os hábitos e assim fazia, até porque fora da minha casa não havia essa opção, mas quando voltei continuei usando a lixeira nossa de casa dia. Tudo muito bom e muito bem até eu me casar com um "gringo" e ele me perguntou porque não colocávamos os papéis no vaso, de pronto mais que automatico e mecanicamente respondi: "Oras, porque entope!" Pouco depois pensei, mas na França não entopia... Será mesmo que entope? Ou fomos ensinados a usar is…

Aniversário de 1 ano diferente

Voltando ao assunto alegre do mês, que foi o niver do filhote, vou postar aqui algumas coisas referentes à comemoração, me recuso a dalar sobre Feliciano e as loucuras desse país, vou falar de coisa alegre.
Sou meio avessas as regras e as normalidades, o que as vezes não preenche as expectativas alheias, mas também não me preocupo com o que vao pensar falar etc e tal. Portanto, acredito que o primeiro aniversário nada mais é do que a comemoraçao dos pais pelo nascimento do filho, e no nosso caso meu filho e nós (papais babões) merecemos até mais que um dia de comemoraçao, pois o esperamos ansiosos por três dias como eu relatei aqui.


Na verdade os meus planos iniciais não foram completamente concretizados por interferencias da natureza porque choveu um pouco, da vô e tia. Mas em se tratando de um churrasco foi dificil ser sustentável, na medida do possivel separamos latinhas de cerveja e pets para o descarte e fizemos o docinho com copinho comestivel que sera a receita do pr…

mama sutra

Como eu já disse em outros posts agora vou cumprir o post do mama sutra. Como sou mãe full time e blogo nas horas vagas, pela minha ausência nota-se que as horas vagas são poucas. Descobri o termo curioso e engraçado "mama sutra" com a médica que auxiliou no meu parto e que é uma amiga do peito. Aliás aproveito pra divulgar essa iniciativa bacana que tem reuniões mensais que podem ajudar as recém mamães com as questões relativas a amamentação. Conheça as amigas on line através do site http://www.amigasdopeito.org.br/ Voltando ao assunto, muitas vezes achamos antes de ter o filho que para mamar tem que estar sentada na cadeira de amamentação, com o bebê deitado nos nossos braços. Porém isso é a amamentação da TV idealizada, se um bebê mama de 3 em 3 horas durante meia hora, significa 4h sentada naquela cadeira, incluindo horas da madrugada, ou seja, não é bem assim que as coisas vão funcionar, e se for assim, você se transformará numa mãe mega cansada dormindo mal pra caramb…