Pular para o conteúdo principal

Semi paradas - Nice e Mandelieu

Prosseguindo nossa viagem saimos de Torino segunda pela manhã, e fomos à Nice, a estrada é legal e vi o mar mediterrâneo pela primeira vez ainda na Itália pela janela do carro na estrada, fomos muito bem conduzidos por nossa amiga Paola ao volante. O pequeno foi dormindo até chegar na França, daí em diante foi um bocadinho estressante, pois como não temos carro aqui no Brasil ele não está muito nada habituado a cadeirinha de carro e ficou puto não ficou muito contente de ficar alí por muito tempo, apesar das paradas que fizemos para ele andar.
Parecíamos fugir da chuva que tava sempre atrás. Ao chegar em Nice praia linda, agua azul magnífico e fomos cumprir nossa agenda familiar e ver os primos.


essa é a promenade des anglais e esse azul liindo é o mediterâneo antes da chuva

Almoçamos na brasserie deles, muito simpática a Sans Soucis, um point pra enxadristas pós almoço.
Sobremesa linda e gostosona uma taça de sorvete com cerejas amarenas.

Negresco é biscoto no Brasil mas em Nice é hotel de luxo
 5 estrelas é do século XX e é como um copacabana Palace.


E chuva muita chuva, pois é ela nos alcançou, não deu pra conhecer nada e a foto do Negresco foi feita saindo de Nice debaixo de muita água pra uma paradinha em Mandelieu uma cidade que não conhecemos, mas fomos à casa dos pais de nossa amiga Paola onde comemos o aperitivo, e eu descobri o que é o patê en crôute.



Noah tocou o lindo piano do pai da Paola, babei porque ele fez muito lindinho (mãe é cega mesmo).
E mais um pouco de estrada pro nosso destino final: Sanary-sur-mer, assunto do próximo post.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Das perguntas: Papel higiênico, no vaso ou no lixo?

Eu vivo me fazendo perguntas e nem sempre tenho as respostas, essa pode parecer inusitada, mas sim, já pensei nisso e me surpreendi com o que descobri. Aqui no Brasil todo banheiro que se preze tem lixeira e muitos banheiros públicos tem a seguinte placa:
Em portugal encontrei a versão lusitana da coisa e acho que herdamos esse hábito deles, acho, porque não tenho a menor certeza.
Quando morei fora percebi a inexistência da nossa companheira lixeira, e vi que o papel era descartado no vaso sem o menor problema. Tenho por hábito seguir os hábitos e assim fazia, até porque fora da minha casa não havia essa opção, mas quando voltei continuei usando a lixeira nossa de casa dia. Tudo muito bom e muito bem até eu me casar com um "gringo" e ele me perguntou porque não colocávamos os papéis no vaso, de pronto mais que automatico e mecanicamente respondi: "Oras, porque entope!" Pouco depois pensei, mas na França não entopia... Será mesmo que entope? Ou fomos ensinados a usar is…

Aniversário de 1 ano diferente

Voltando ao assunto alegre do mês, que foi o niver do filhote, vou postar aqui algumas coisas referentes à comemoração, me recuso a dalar sobre Feliciano e as loucuras desse país, vou falar de coisa alegre.
Sou meio avessas as regras e as normalidades, o que as vezes não preenche as expectativas alheias, mas também não me preocupo com o que vao pensar falar etc e tal. Portanto, acredito que o primeiro aniversário nada mais é do que a comemoraçao dos pais pelo nascimento do filho, e no nosso caso meu filho e nós (papais babões) merecemos até mais que um dia de comemoraçao, pois o esperamos ansiosos por três dias como eu relatei aqui.


Na verdade os meus planos iniciais não foram completamente concretizados por interferencias da natureza porque choveu um pouco, da vô e tia. Mas em se tratando de um churrasco foi dificil ser sustentável, na medida do possivel separamos latinhas de cerveja e pets para o descarte e fizemos o docinho com copinho comestivel que sera a receita do pr…

Cardápio semanal, uma mão na roda no dia a dia

Estou sempre querendo escrever, mas tempo é coisa escassa, entre filho, trabalho e trabalho de casa, fica difícil. Mas depois que me mudei pra uma casa menor, com uma geladeira menor, resolvi fazer algo que sempre quis e que achava que me daria tempo que é o cardápio semanal. Quem nunca ficou olhando os armários e a geladeira com aquela interrogação na cabeça do que fazer pra comer. Quem nunca fica sem ideia do que cozinhar? Quem nunca sente aquela preguiça na hora que vem a pergunta: o que vamos comer? Sem contar quando você pensa em fazer um prato mas só tem alguns dos ingredientes... O cardápio semanal pra começar foi difícil, mas consegui!  O que eu fiz?  Primeiro abri um arquivo, porque nao sei mais escrever no papel, mas pode ser num papel e comecei um brainstorming ia escrevendo todos os pratos que gostamos, os que cozinhamos com certa frequência, aquele que a gente sempre esquece mas que quando faz é um sucesso, os pratos do dia a dia, os pratos que são únicos e dispensam acompa…