Pular para o conteúdo principal

Das perguntas: Papel higiênico, no vaso ou no lixo?

Eu vivo me fazendo perguntas e nem sempre tenho as respostas, essa pode parecer inusitada, mas sim, já pensei nisso e me surpreendi com o que descobri.
Aqui no Brasil todo banheiro que se preze tem lixeira e muitos banheiros públicos tem a seguinte placa:
 

Em portugal encontrei a versão lusitana da coisa e acho que herdamos esse hábito deles, acho, porque não tenho a menor certeza.

Quando morei fora percebi a inexistência da nossa companheira lixeira, e vi que o papel era descartado no vaso sem o menor problema. Tenho por hábito seguir os hábitos e assim fazia, até porque fora da minha casa não havia essa opção, mas quando voltei continuei usando a lixeira nossa de casa dia.
Tudo muito bom e muito bem até eu me casar com um "gringo" e ele me perguntou porque não colocávamos os papéis no vaso, de pronto mais que automatico e mecanicamente respondi: "Oras, porque entope!" Pouco depois pensei, mas na França não entopia... Será mesmo que entope? Ou fomos ensinados a usar isso como desculpa até que passamos a acreditar nisso, e como é uma coisa muito cotidiana passa batido. Aprendemos com nossos pais e repetimos isso, sobretudo mulheres que usam mais papel, por motivos obvios, aprendemos a dobrar e por na lixeirinha. Por que isso? Não sei, sinceramente, há quem diga que nos espaços públicos é "porque não fazem manutenção de seus vasos sanitários ou não querem fazer um investimento adequado para capacitá-los a funcionar corretamente. Eles não estão preocupados com o meio ambiente." Talita do Dona Perfeitinha
Porém, eu resolvi pesquisar pensando no que realmente me interessa, o meio ambiente. O que é melhor pro nosso planetinha? Lixo ou vaso!
Resposta: DEPENDE.
Questão 1- Depende se a descarga dada ao xixi e cocô de cada vai parar num local com tratamento de esgoto ou não.
Se a opção for vai pra um local com tratamento o melhor é jogar o papel no vaso, isso mesmo! Parece estranho mas é isso mesmo. Não, não entope a não ser que sua descarga não tenha força pra levar o papel ou encanamento seja velho, ou ainda que vc use quilos de papel por vez. Por via de regras saibam que "Esse material é feito para se dissolver. Se não for jogado em excesso, não entope os canos e não há consequência para a rede ou o tratamento", diz Hélio Padula, 54, gerente de seviços da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo).
"O mundo inteiro joga o papel no vaso sanitário. Só aqui temos esse hábito do jogar na lixeira", diz Pedro Alem, 64, professor do departamento de engenharia hidráulica e sanitária da Poli-USP. 
Ao chegar na estação de tratamento o papel já começou  a ser decomposto, pois quando você joga o papel no vaso, ele inicia o processo de decomposição ainda na água. Os resíduos que sobram são descartados e podem se decompor em 3 meses o impacto ambiental do papel higiênico é menor quando é jogado no vaso, pois será decomposto pelos micro-organismos nas estações de tratamento de esgoto.
Se você coloca na lixeira ele será fatalmente embalado por uma sacolinha plástica e o tempo de decomposição pula de 3 a 6 meses para 40 anos! E ainda, segundo Marcelo Morgado, assessor de meio ambiente da presidência da Sabesp, "se jogado no lixo, o papel higiênico será destinado aos aterros sanitários, contribuindo para a produção de gás metano e a contaminação do solo". Muito pior né? Porém, mantenham a lixeirinha lá ela será muito útil pra colocar cabelo, cotonetes, preservativos, absorvente, fraldas e plásticos em geral, porque né? Não é pra sair jogando tudo na privada, só papel.

Agora, se o esgoto não tem tratamento ainda vale a pena usar a lixeira pro papel, pois do contrário ele vai parar nos mares e rios e isso não é uma boa pro planetinha. Para saber pra onde vai é só entrar em contato com a concessionária de esgoto local. Se não tiver é bom pressionar já que o impacto ambiental do papel no vaso é menor.
A atitude é simples e fácil de incorporar ao cotidiano vale a pena tentar.

Blogs visitados:
http://gentenovarevista.blogspot.com.br/2011/09/reciclar-papel-higienico-no-lixo-ou-no.html
http://www.donaperfeitinha.com/2011/01/papel-higienico-no-vaso-sanitario-ou-no.html
http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/lixo/conteudo_391999.shtml
http://www.deverdecasa.com/2009/11/papel-higienico-no-vaso-sanitario.html


Comentários

  1. Fui pra Buenos Aires, e procurei a lixeira e falei: bosta! a mulher esqueceu! tive que jogar na privada. Ai... tân tân.. na próxima vez levei uma sacolinha e joguei meu papel higienico nele, ^^ me achei o cara que ajudava. Ai percebi que eu era o unico estudante estrangeiro que fazia isso. Me senti um ET e com cara de bundão :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diferenças culturais, mas tb não dá pra jogar tudo no vaso a lixeira serve pra outras coisas q não podem ir pra privada. Mas acho q não só eu e vc mas muitos brasileiros passam por essa situação quando estão fora.

      Excluir
  2. Pois foi em Portugal que tive essa primeira experiencia. Na casa da minha cunhada.Não sabia o que fazer com o papel, coloquei o papel usado na bolsa, até poder descartar numa lixeira, kkkk!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

mama sutra

Como eu já disse em outros posts agora vou cumprir o post do mama sutra. Como sou mãe full time e blogo nas horas vagas, pela minha ausência nota-se que as horas vagas são poucas. Descobri o termo curioso e engraçado "mama sutra" com a médica que auxiliou no meu parto e que é uma amiga do peito. Aliás aproveito pra divulgar essa iniciativa bacana que tem reuniões mensais que podem ajudar as recém mamães com as questões relativas a amamentação. Conheça as amigas on line através do site http://www.amigasdopeito.org.br/ Voltando ao assunto, muitas vezes achamos antes de ter o filho que para mamar tem que estar sentada na cadeira de amamentação, com o bebê deitado nos nossos braços. Porém isso é a amamentação da TV idealizada, se um bebê mama de 3 em 3 horas durante meia hora, significa 4h sentada naquela cadeira, incluindo horas da madrugada, ou seja, não é bem assim que as coisas vão funcionar, e se for assim, você se transformará numa mãe mega cansada dormindo mal pra caramb…

Aniversário de 1 ano diferente

Voltando ao assunto alegre do mês, que foi o niver do filhote, vou postar aqui algumas coisas referentes à comemoração, me recuso a dalar sobre Feliciano e as loucuras desse país, vou falar de coisa alegre.
Sou meio avessas as regras e as normalidades, o que as vezes não preenche as expectativas alheias, mas também não me preocupo com o que vao pensar falar etc e tal. Portanto, acredito que o primeiro aniversário nada mais é do que a comemoraçao dos pais pelo nascimento do filho, e no nosso caso meu filho e nós (papais babões) merecemos até mais que um dia de comemoraçao, pois o esperamos ansiosos por três dias como eu relatei aqui.


Na verdade os meus planos iniciais não foram completamente concretizados por interferencias da natureza porque choveu um pouco, da vô e tia. Mas em se tratando de um churrasco foi dificil ser sustentável, na medida do possivel separamos latinhas de cerveja e pets para o descarte e fizemos o docinho com copinho comestivel que sera a receita do pr…