terça-feira, 16 de julho de 2013

Primeira parada - Torino

Nossa primeira parada mesmo foi em Torino, cidade que fica cercada por alpes com aquela nevinha em cima que parece açúcar de confeiteiro. É essa a imagem mais legal do voo para esta cidade, pelo menos pra mim, brasileira que não tem esse tipo de paisagem.
Não, não tinha tanta neve assim era fim da primavera essa foto pertence a esse blog que tem outras boas imagens dessa cidade.

Como já disse no post anterior, o unico contratempo foi não ver chegar uma de nossas malas, na verdade a mala do marido com muitas coisas do filho, por isso outro grande aprendizado: não carregar somente roupas extras consigo, como dividir as malas e todas serem de todos com pertences variados, assim se uma se perde o outro não fica pelado (rs). São com erros que a gente aprende e essa fica pra sempre, malas com itens diversos de todos, claro que isso só rola se for mais de um viajante, estando sozinho tem que rezar pra tudo chegar direitinho, e obvio mala de mão com pelo menos uma muda de roupa SEMPRE! Vai que não chega nenhuma mala? Meu marido tem algo que atrai esse tipo de coisa não é a primeira vez e pelo visto não vai ser a última. E se não fosse ele perder uma mala específica acho que não estariamos juntos hoje. é há malas que vem e vão para o bem.

sorvete de gianduia com pana (a coisa branca é pana o nosso chantily)


Como já tem um tempo que passou alguns detalhes vão se perder, mas o que posso dizer de cara é que o melhor sorvete do mundo tá lá! Prova disso foi que no último dia antes de ir embora mesmo tarde da noite e cheia de pizza tive que voltar na sorveteria e comer o gelatto de despedida e obviamente sabor gianduia (chocolate com avelã, não, não é nutella é algo muuuito melhor).

pasta!

Descobri tipos de pizza diferentes, uma feita numa panelinha e a boa e velha pizza que vai no forno direto como conhecemos, e uma coisa inusitada e muito gostosa: a farinata, uma especie de massa de pizza com farinha de grao de bico. Muito bom!

farinata!

Em termos alimentares oh my god, foi um fim de semana e tanto, com destaque pro jantar de chegada maravilhoso, com um vinho muuuito bom. Comi um tagliatelle com molho de gorgonzola e nociola (avelã) e a sobremesa foi algo muito interessante, mini porções de todas as opções que eles tinham, meu eu formiga amou do tiramissu a panacotta, tudo tava muito bom no Rafaello.

vista do monte pra mole Antoneliana e olha os alpes no fundo *.*


E o almoço no monte dei cappuccini, um restaurante no alto de um monte onde tem uma igreja e uma belissima visão da cidade, tudo era muito gostoso, mas eu que amo doce preciso dizer que a sobremesa era coisa de louco!!!
Ah, as memórias estão fora de ordem, mas é preciso falar também que o café da manhã é incrível, servido num copo todo besuntado de nutella! 

não tá na foto, mas ainda tinha um bolo muito bom!


Não podia ficar mais tempo em Torino porque voltaria rolando, isso é fato! O pequeno se esbaldou nas pastas e nos surpreendeu gostando de pesto de rucula!
Uma coisa que me chamou atenção foi o calorão que estava fazendo durante o dia (30 e muitos graus) e como a temperatura despencava a noite (chegando a 16 brr). Na beira do rio tava friaca noturna.

Rio Po

E como de dia faz calor nada melhor que beber muita água e aí entra um detalhe que deveria ser copiado no Rio 40graus, fontes e mais fontes de água pela cidade toda que saem de um touro. Nossos governantes amam o que tá na Europa podem aproveitar copiar umas iniciativas, né? Tipo agua saindo dos braços de mini cristos pelo Rio a fora.
água potável e fresca!

O próximo post eu vou dedicar a minha amiga Fabiana, pessoa que lembrei muito durante a viagem, fica curiosa aí e espera amanhã pra ver.

obs: mais uma vez isso não é um publieditorial não experimentei nada de graça e não ganho um vintém pra falar deles.


Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...