segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

O que deu certo por aqui


Sao quase 2 anos de maternidade ativa com a cria no mundo e nos braços e mais 40 semanas de gestação e muuuuuito estudo, muita troca virtual e leituras sem fim. E o que eu aprendi nesses quase 2 anos?
Primeiro: toda mãe em algum momento tem uma angustia e passa por momentos de ansiedade, cria expectativas sobre momentos futuros e etapas que estao por vir.
Segundo:Que tudo passa! Por mais que seja clichê a frase batida "é só uma fase" é bem sincera e não algo automatizado na fala das mães. Tá dificil hoje? Res-pi-ra pausadamente e nao pira, prometo que vai passar. E a terceira coisa que é a mais importante é que não existe manual da mãe perfeita, mais ou "menas" mãe. E que tudo na maternidade assim como na vida não é binário, não é preto no branco, zero ou um, oito ou oitenta. Cada individuo é indivisivel, como diz a origem da palavra, e cada modo é singular. Certo e errado? Não! Existe o que eu acho melhor, o que cabe na nossa vida, na nossa rotina, o que corrobora com nosso modo de ser, estar, agir e pensar. Reconhecer isso se traduz numa palavra chamada respeito. E entender o mundo de um ponto de vista menos ego e etno centrico. Pra celebrar os quase dois anos de uma maternidade alternativa e questionadora vou tentar fazer uma série de posts com marcos principais do desenvolvimento e como lidamos com ele, não é receita de bolo, pois como disse cada um tem um caminho, um jeito e sua ideologias maternas, mas além da generosidade que vem com a maternidade vem a partilha e certa curiosidade sempre queremos saber como esta sendo a fase com outras crianças, então nos proximos post como lidamos com isso e o que deu certo por aqui, lembrando que pode nao dar certo por aí. enfim partilharemos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...